fbpx
Skip links

Maureen Bisilliat

Maureen Bisilliat

Araquém Alcântara

Eder Chiodetto

Eddo Hartmann

Elza Lima

Evandro Teixeira

Flor Garduño

Luciano Candisani

Marcos Santilli

Peter Beard por Marcio Scavone

Tatewaki Nio

Nicolas Henri

Curadoria

Nesse ano, além da curadoria, assumiu o cargo de Diretor Artístico do festival. O tema do PEF naquela edição foi “Fotografia: Utopia / Distopia” e a proposta foi a de abordar a fotografia por meio de sua relação com a projeção de um futuro, não mais como um “isso foi”, mas como “o que será?”.

O evento homenageou Maureen Bisilliat e contou com a presença dos seguintes convidados: Angela Magalhães, Araquém Alcântara, Eddo Hartmann (Holanda), Eder Chiodetto, Elza Lima, Erik Vroons (Holanda), Evandro Teixeira, Flor Garduño (México), Joaquim Paiva, Keyna Eleison, Luciano Candisani, Luiz Morier, Marcio Scavone, Miockele Petrucelli, Monica Zarattini, Nadja Peregrino, Nicolas Henry, Patrica Newcomer (França), Pedro Karp Vasqeuz, Pedro Pinheiro Guimarães, Rachel Rezende, Rosely Nakagawa, Sergio Branco, Sergio Burgi, Tatewaki Nio e Walter Carvalho.

FOTOGRAFIA: UTOPIA / DISTOPIA

Vivemos um mundo cada vez mais densamente mediado por imagens. Um mundo assombrado por ameaças e incertezas, perigos e potencialidades. Nesse contexto a fotografia assume não raro a o poder de projetar um futuro. Não expressa mais o “isso foi”, mas “o que será?”. ​

Ao revelar o presente, ao refletir sobre os caminhos que a humanidade está tomando, os convidados do Paraty em Foco 2018 nos permitem discutir o papel ativo das utopias e das distopias na cultura contemporânea. O festival está balanceado com fotógrafos provenientes de mais diversas áreas, tendo como divisa o nosso lema: “Um Evento para Todos os Olhares”.

A homenageada este ano será Maureen Bisilliat, fotógrafa inglesa radicada no Brasil há várias décadas. É uma das pioneiras na publicação de livros de fotografia e de criação de ensaios baseados na obra literária de nomes como João Guimarães Rosa, João Cabral de Melo Neto, Jorge Amado e Adélia Prado. Maureen pretende apresentar ao público seu novo filme, Equivalências, projeto em fase de finalização e ao qual ela vem se dedicando com total empenho nos últimos meses.

Também já tem presença confirmada Araquém Alcântara, um dos maiores documentaristas da biodiversidade brasileira, fotógrafo que é um fenômeno inigualável no Brasil em relação ao número de publicações: são 50 livros em meio século de fotografia. Poucos conseguem como ele atingir um público mais amplo, discutindo questões que estão para além do meio fotográfico, com o foco na cultura e no meio ambiente brasileiros.

E aí, sua perspectiva é utópica ou distópica? Venha debater, viver e respirar fotografia conosco em Paraty. De 19 a 23 de setembro de 2018. Nosso convite para refletir sobre o futuro por intermédio da imagem fotográfica está lançado!

Outros trabalhos

FOTODOC 2022 – Festival de Fotografia Documental

Mostra Fotofilmes – XII Festival Internacional de Fotografia Hercule Florence (2021)

13° Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco (2017)

14° Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco (2018)

This website uses cookies to improve your web experience.